Marina de La Riva, a Musa da MPB


Bem me  recordo dessa morena MARINA nos tempos de menina, linda como sempre, em terras da Usina Baixa Grande, de sua família, em Campos dos Goytacazes. Sempre notável pelo charme e boa educação que recebeu dos pais Margarida e Fernando de La Riva, que enriqueceram a sociedade campista com suas elegantes presenças perdendo anos depois os pais para o Rio de Janeiro e ela para São Paulo, onde moram até hoje. Marina de La Riva desde ent, morando em São Paulo e cidadã do mundo, veio da mistura da mineirice da mãe e da rigidez cubana com “aplomb” do pai, que amava cantar em festas sociais em casa dos amigos. A família cubana colocou em ativa a usina que hoje está desativada. Bem me recordo dela descendo na porta da Faculdade de Direito de Campos e muitas vezes na do Studio do fotógrafo Rodolfo Lins para posar para fotos que ilustrariam minhas colunas sociais e ficariam na história de um tempo que tínhamos o prazer de sua convivência em momentos mágicos. É muito vê-la brilhar na MPB, com sucesso e criticas da grande musa que faz parte de seu merecido. Hoje sábado, dia 4, lá estará ela no auditório do Ibirapuera para lançar seu DVD com show as nove da noite. Minha Marina... luz, muita luz!

 Foto para posteridade, quando Marina ainda morava em Campos, em making off, em studio. Foto que ilustrava minhas colunas sociais com sua presença de luz.

2 comentários //

POSTAR UM COMENTÁRIO //

 
© Copyright 2010-2016  ‣  Blog Carlos Frederico Silva  ‣  Tecnologia Blogger  ‣  Customizado por Studio UPSE7E