Classe A: Minas e Espirito Santo

Duas classudas mulheres representam muito bem as sociedades de Minas e Espírito Santo. É o sudeste brasileiro ganhando um "Classe A" do blog através de suas presenças diante de olhos alheios e criteriosos. São grandes damas do high society, elegantes do ser e estar, educadas, bonitas, dignas de títulos de nobreza. Longe dos salões de festas elas são atuantes mulheres ao lado dos maridos e super mães dos filhos, zelando pelo papel principal que vida lhes confiou: donas do lar. Falo de Kátia Caldas, de Muriaé/MG e Kafinha Junger, de Vitòria/Espírito Santo. Estive com ambas em dois momentos diferentes e não resisti em fotografa-las pelo prazer da convivência. Aí estão elas.   
    
MINAS GERAIS  

Kátia Caldas, da sociedade de Muriáe, vestida para grande acontecimento na cidade mineira, o Glamour Girl. Há anos frequento o evento e sempre deparo com Kátia impecável em seus classudos looks. Junto vem o porte de rainha, a nobre educação, o sorriso delicado e sincero e um charme para dar e vender. Desliza pelos lugares chamando atenção, sem a menor pretensão, pois é dona de uma luz própria que reluz na mais profunda escuridão. Kátia é isso e muito mais. Uma mulher de muitas qualidades, anfitriã de primeira grandeza, amiga dos amigos, que ao lado do marido Ricardo Caldas, comanda endereços de qualidade pelo Rio, Minas e Espirito Santo, todos decorados com muito estilo e classe, onde te o prazer de receber íntimos amigos. A sua fazenda em Muriaé é um lugar mágico. Só vendo pra crer, aliás do conhecendo Kátia para crer no que o blog está relatando. Sou fã. 

Na noite escolheu essa peça chiquérrima by Kate Moss, com essa profusão de pequenos nós que enriquecia o look. 

Carteiro de Piton. 

As jóias que usou para adornar com estilo e classe.

ESPÍRITO SANTO 

Puro racée. Káfia Junger, carinhosamente tratada de Kafinha, da sociedade capixaba, prontamente vestida valorizando com elegância um casamento ao meio dia, de um domingo de sol ameno, em Campos dos Goytacazes/RJ. Não resisti em fotografa-la pela classudez de sua presença entre os convidados. Não demorou muito para um encantamento pessoal. Recentemente se formou em moda para enriquecer sua cultura geral e se apaixonou pela área. No momento empresta seu bom gosto a empresa do marido, Francisco Junger, ex secretário de agricultura do governo do Espirito Santo, assessorando na repaginação dos jardins de praças e canteiros de Campos. Vida de dondoca passa longe dela. Quer estar viva e prestando serviços ao mundo. Chic e sábia. 

Abusando do bom gosto com o look trabalhado em renda com transparência. Olha os punhos! A carteira realça pelo tom bordô. 

Colar, brincos e anel, de safiras da Índia com brilhantes. Presente do marido. De parar o trânsito de qualquer festa. Puro poder.

POSTAR UM COMENTÁRIO //

 
© Copyright 2010-2016  ‣  Blog Carlos Frederico Silva  ‣  Tecnologia Blogger  ‣  Customizado por Studio UPSE7E