Deixa eu ficar Odara

Matéria recente em O Globo. A Odara, Rachel Sabbagh, na foto maior à direita

Em homenagem a Caetano, pelos 70 bem chegados, fui visitar a Odara. Nada disso, to brincando. Fui a Odara, joalheria de duas queridas do blog, Isabela Drummond e Rachel Sabbagn, para conhecer o novo endereço no Leblon (elas sairam do Ipanema Secreta, na Visconde de Pirajá, e foram para a Dias Ferreira).  O novo local de trabalho é um charme, com janelas frente para a rua e uma árvore frutífera na calçada que quase invade o janelão. Gostei muito e também do que ví em forma de jóias. Elas são um luxo! Reparem só! A Odara também está em NY. Veja suas preciosidades no site aqui 

O anel em forma de folhas e as alianças "Quem Casa Quer Casa" e o cordão "Rio". 

As argolas de ouro rosé e o colar de pedras brasileiras. 

A sua orelha merece. E agradece. 

Designer de jóias Rachel Sabbagh em seu espaço de criação que eu vi de perto. Adorei!

Odara, que significa paz e tranquilidade, é um termo de origem da cultura hindu. 

POSTAR UM COMENTÁRIO //

 
© Copyright 2010-2016  ‣  Blog Carlos Frederico Silva  ‣  Tecnologia Blogger  ‣  Customizado por Studio UPSE7E