Betty do Brasil, do mundo, de Campos...

Ícone da beleza, do estilo, elegância,... Betty Lago se foi para outro mundo. Para mim, era uma maravilha mutante, incomum ser humano que impactava cada momento em que se colocava os olhos em sua presença pelos eventos de moda na capital. Sua ligação com Campos já tinha grau de intimidade faz tempo. Já desfilou a convite da falecida colunista Maria Ester Balbi e de seu marido Roberto Carneiro, que comandavam a moda de luxo em anos passados, com uma boutique sensação, chamada Uso Fruto, no anos 80. Foram vários desfiles com sua presença. Outro vínculo foi com seu grande amigo Gilles Pereira, campista, a quem se entregava de corpo e alma, pois era ele, um dos mais renomados visagistas do RJ, quem tocava sua face.

Betty morreu neste domingo, aos 60 anos, no Rio, em decorrência de câncer na vesícula, doença sua adversária há alguns anos, numa luta firme e forte. O câncer venceu, mas jamais apagará da memória ativa a imagem de poder da Betty, como modelo nacional e internacional, atriz, apresentadora de TV, mulher do tempo.

Tornou-se viva para a eternidade, por suas atitudes, seu estilo de viver e de ser diferente no andar, vestir, falar, expressar a vida. Descanse em paz, mademoiselle Lago! As fotos abaixo são de momentos de vida e arte, estampados em toda imprensa esta semana, de fotógrafos, revistas, jornais,... para servirem como ilustração deste momento de falta sentida. Assim seja.


POSTAR UM COMENTÁRIO //

 
© Copyright 2010-2016  ‣  Blog Carlos Frederico Silva  ‣  Tecnologia Blogger  ‣  Customizado por Studio UPSE7E