Trocando as pautas: do real a fantasia

A jornalista campista Eliana Buchaul deu um basta na vida real e se jogou na fantasia como artesã, criando grife de bonecos, bichos, bolsas,... e de seus Santo Antônios desejando sorte para casamentos. Batizou de Tana Baiana, em homenagem a irmã que faleceu em acidente de carro. Olha isso! 

A jornalista campista Eliana Buchaul, que antes da sair de Campos há anos atrás, trabalhou na extinta TV Norte Fluminense e também Tv Planície, até que chegou o dia de casar e mudar na vizinha cidade de Quissamã, onde por 11 anos atuou na prefeitura local. Já no Rio trabalhou no Palácio Guanabara, seguiu para Brasília onde ficou por três anos divididos entre o Ministério da Justiça, no governo de Fernando Henrique Cardoso, no Governo do Distrito Federal, sua assessoria de imprensa na Secretaria de Turismo, ao lado da Embaixatriz Lúcia Flecha de Lima, e por fim a Secretaria de Esportes. Deu um basta na vida real de muitas funções em áreas diversas do jornalismo e se jogou na fantasia como artesã, criando grife de bonecos, bichos, bolsas,... e de seus famosos Santo Antônios que desejam sorte para casamentos.

"Me chamo Eliana Buchaul, sou jornalista por formação (e quase trinta anos de atuação na área de comunicação) e agora artesã, ou melhor dizendo, dedicada à arte de transformar tecidos em sonhos. 

A marca Tana Baiana é uma homenagem à minha irmã, Suzana, apelidada de Tana por mim, quando muito pequenininha. Como não conseguia pronunciar seu nome, a chamava de Tutana... Daí você já imagina. O Tutana foi reduzido a Tana e assim ficou até os seus 35, quando se despediu de nós num acidente de carro. O Baiana, bem, morávamos em São Paulo e como é um hábito por lá, ela costumava chamar a todos de "baiana".

Ela era a pessoa mais alegre e positiva que já conheci e, por isso, Tana Baiana foi a maneira que encontrei de tê-la por perto me apoiando e trazendo sorte e boas amizades!

Dentre as mais variadas criações da Tana Baiana, que inclui bonecas, personagens para festas, bichos charmosos, bolsas,nos últimos dias vimos nos dedicando à produção dos buquês de Santo Antônio, das bonecas Daminhas e do Cupido , todos confeccionados em tecido 100% algodão e malha. 

Com o passar do tempo minha sobrinha, Rafaela Artiles e sua irmã, Flávia Artiles, ambas cerimonialistas, passaram a me encomendar criações exclusivas para as festas que produziam e a Flávia idealizou a caixa de acrílico com cadeado que deve ser aberto por uma das chaves que são lançadas presas aos santinhos do buquê. A sortuda que pegar o Santo Antônio com a chave certa, abre a caixa e leva para casa o Cupido!!! A brincadeira já é um sucesso entre as noivas e eu só agradeço à Flávia Artiles por aceitar "viajar" junto comigo na idealização de novos roteiros para quem quer sonhar!!! 

Seja bem-vindo ao pequeno universo Tana Baiana, que nasceu com o amor que sempre dediquei a ela e aos amigos. 

Grande beijo!" Eliana



ELIANA BUCHAUL (22) 99934 - 7608 (encomendas)
tanabaiana.com.br

POSTAR UM COMENTÁRIO //

 
© Copyright 2010-2016  ‣  Blog Carlos Frederico Silva  ‣  Tecnologia Blogger  ‣  Customizado por Studio UPSE7E